Comunicado acerca dos comentários deste blog


É tempo de faxina agora.

É tempo de faxina agora.

Quando comecei este blog não imaginava que um dia ele pudesse vir a ter tanta visitação quanto tem atualmente.

Por um lado isso é otimo, pois além de mais pessoas tomarem conhecimento sobre o que eu penso (tal é a essência de um blog), maior é a exposição da publicidade que veiculo nele, e que no fim do mês ajuda a pagar umas contas. Além do mais, essa afluência de pessoas para cá implica mais gente dividindo suas opiniões e experiências.

Entretanto, nem tudo são flores.

Com essa quantidade imensa de pessoas que aparecem é até natural, embora minha dificuldade para administrar, que surjam pessoas mal educadas, agressivas, e até mesmo com intenções ilícitas, como comprar ou vender medicamentos sem receita médica.

Estive pensando durante muito tempo sobre o que fazer com os comentários do site, e pensei até mesmo em fechá-los totalmente. Mas isso privaria muita gente boa de usar este espaço para expressar-se. Mas estou de saco cheio de passar raiva e ser ofendido com gente que não merece consideração.

Assim, resolvi adotar as seguintes medidas.

  • Se um texto antigo (mais antigo do que dois meses) receber um comentário que me desagrade (por conter ataques a mim ou a qualquer outra pessoa, por tratar de comércio de medicamentos sem receita ou por fazer propaganda), os comentários do texto em questão serão imediatamente encerrados.
  • Quem deixar um comentário que me desagrade vai ser banido definitivamente daqui, e não poderá mais postar nenhum comentário.

Os comportamentos inadequados para os comentários são os seguintes (ou seja, aquilo que não será admitido em hipótese alguma).

  • Ofensas e provocações.
  • Perguntas ou respostas sobre comércio de medicamentos sem receita.
  • Comentários escritos totalmente em letras MAIÚSCULAS (dá licença, né, gente).
  • Propagandas (quem quiser anunciar, me procure que eu passo uma proposta formal para publicidade aqui).
  • Comentários do tipo “simpatia”.

Por fim, perguntas absurdas vão continuar recebendo respostas do tipo “tolerância zero”.

Como sempre digo, isto aqui não é uma democracia, é o meu site, que eu mantenho com o meu tempo e com o meu dinheiro, portanto quem manda aqui sou eu. Quem não gostar das regras daqui que crie seu próprio blog.

Avalie este artigo

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Comunicado acerca dos comentários deste blog

Tags: , , , , ,

6 comentários

  • Ingrid:

    Olá… teu blog está nos meus Favoritos a partir de hoje… Sensacional! De uma sensatez clara e objetiva.

    Abraço.

    Responder
    • Janio Sarmento:

      Obrigado, Ingrid.

      São leitores como você que me animam a continuar com este trabalho.

      Responder
  • IZABEL BARBOSA:

    Oi gente!! Comecei a tomar sibutramina hoje 21/04.. E por curiosidade,resolvi pesquisar na internet sobre Esse medicamento e me assustei um pouco com efeitos colaterais,+ como comecei hoje ne vamos ve no q da!

    Responder
    • Janio Sarmento:

      Dá pra me explicar que diabo esse seu comentário tem a ver com o meu texto? Você fez a gentileza de ler o que eu escrevi, ou eu que sou burro demais e não consigo compreender?

      Se puder me explicar, agradeço muito.

      Responder
      • Jami:

        Olá a todos!!! Estive lendo o blog. Acho que tem matérias muito interessantes,e claro,cada um tem sua opnião,tanto os leitores como o dono do blog,e acho que devemos respeitar todas desde que as mesmas sejam expressadas com respeito e educação. Mas infelizmente fiquei muito triste com tanta falta de respeito que vi aqui. Não é minha intenção ofender ninguém,mas o autor do blog escreveu uma materia sobre os comentarios desrespeitosos mas é o primeiro a nao respeitar as pessoas que aqui postam,mesmo as que não o ofendem como a nossa colega ai de cima. Acho muito importante tratarmos do nosso exterior,mas o mais importante é o interior e a maneira como lidamos com diferentes opniões, e até mesmo com alguma falta de cultura ou de formaçao das pessoas,pois nem todas tiveram as mesmas oportunidades. Quando aprendermos a tratar as pessoa com respeito,com certeza iremos recebe-lo de volta.

        Responder
  • Nilcélia:

    Pela primeira vez vi a "psicologia da obesidade" tratada de forma séria e objetiva. Parabéns.

    Responder

Comente!

Deixe uma resposta