Três grandes bloqueios para perda de peso

Quem deseja qualquer coisa na vida, e o foco do nosso blog e emagrecer,sempre acaba encontrando obstáculos que podem vir a ser desde um pouco difíceis até intransponíveis. Na verdade, cada pessoa tem suas próprias características e para cada um as dificuldades serão diferentes.

Tóquio, Japão
Tóquio, Japão

Contudo, creio ser possível generalizar um pouco e citar as três dificuldades mais comumente alegadas pelos que tentam um tratamento para emagrecer.

Tempo

Uma das desculpas mais frequentes para quem diz que quer emagrecer mas não consegue fazer uma mudançca de atitude é o tempo. Ou a falta dele.

As pessoas alegam que não dispõem de tempo para ir na academia, que trabalham o dia inteiro e não conseguem tempo para caminhar, para fazer exercícios.

Este empecilho também se faz presente na forma de adiamentos constantes: “amanhã eu começo a me cuidar”, “depois dessa orgia alimentar de hoje, eu juro que começo a fazer dieta”, “minha resolução de ano-novo é emagrecer 20kg, faltam só sete meses pra eu me cuidar”.

Dinheiro

Esta é a desculpa mais utilizada. Os gordos egoístas, no afã de fazer com que os outros sintam peninha deles, adoram dizer que estão sem dinheiro para ir ao médico, imploram para descobrir como se compram medicamentos controlados (porque são perigosos, evidentemente) sem receita ou acompanhamento médico.

Adoram também dizer que não têm dinheiro para comprar calçados para caminhar, que acompanhamento psicológico custa caro, mas sequer se dispõem a procurar alternativas.

Medo

Este bloqueio nunca é citado explicitamente, mas é o mais presente de todos. E nem vou entrar no mérito de que a obesidade seja uma manifestação física de medos acumulados ao ponto de o corpo somatizar na forma de carapaças de gordura.

Mas, naturalmente, é compreensível que o medo apareça.

A mudança de atitude necessária para a reeducação alimentar (e pessoal, especialmente) pode ser assustadora, assim como é assustador iniciar um processo de autoconhecimento.

E você? Quais são os seus principais bloqueios na luta contra a obesidade?

Que tal compartilhar este texto com seus amigos? É só clicar nos botões abaixo e divulgar!

10 comentários sobre “Três grandes bloqueios para perda de peso”

  1. Durante a gravidez engordei 25kg, os primeiros 15kg sairam naturalmente quando desinchei e amamentando. O s outros 10kgs ainda estão aqui dificultando minhas atividades diárias, trabalho de pé e o peso atrapalha bastante. Sempre tive o metabolismo lento e mesmo a dieta e os exercícios demoram muito tempo para fazer efeito. Amanhã iniciarei o tratamento com Subitran, receitado pelo médico, estou com medo, pois muita gente fala mal de "remédios para emagrecer", e por isso procurei informação na internet sobre o medicamento. Espero ter boas notícias nas próximas semanas…

  2. O melhor é fazer uma limpeza de todos os regimes ja feitos, pesquisar muito e encontrar em tudo o q ver a melhor e mais facil aplicação, começar na hora q escolher o ideal e nao desistir. Com certeza vai dar certo. Estou neste caminho e ja da para notar que esta valendo, felicidades a quem resolver fazer, ….. bjs

  3. Fantastico o texto sobre a psicologia do emagrecer, ou melhor do engordar! parabens ao autor! em toda minha vida de pesquisas e solucoes para o meu sobrepeso nunca entendi o meu problema…e agora eu sei…o medo…a coragem de se descobrir…obrigada por compartilhar uma visao tao inovadora, fantastica e verdadeira.

  4. Boa noite,eu tenho 1,68 de altura e peso 75 quilos.qundo tentei fazer dieta eu começei a fica muito tempo sem come e fiquei muito mal.A poucos dias eu comecei a comer coisas saudaveis em pouca quantidade e de 3 em 3 horas.Sera que se eu continuar assim eu vo conseguir emagrecer rápido ou eu tenho que volta a passa fome?

    1. Natalia.

      Você prefere emagrecer rápido ou emagrecer pra sempre?

      Você pode emagrecer rapidamente se passar fome, se entupir de remédios que vão destruir seu sistema digestório, e quando parar com o "regime" engordar o dobro ou mais novamente.

      Ou então pode manter os hábitos saudáveis, emagrecer lentamente, reeducando-se e habituando-se a alimentar-se sempre como se estivesse de dieta, o que vai te levar a permanecer magra por muitos anos, talvez para o resto da vida.

      A escolha é sua.

      (Embora, devo ser honesto, eu não acredite em inteligência num ser que escreve "começei a fica", "vo conseguir", "tenho que volta a passa fome".)

  5. Ola, vi alguns depoimentos aqui e resolvi contar o meu tambem,sempre fui muito gorda,exceto quando emagreci 20kg em 2meses aos 12an com o femproporex,mas nao adiantou muito,ao contrario so piorou,pois logo depois ganhei o doblo que tinha perdido,e minha adolescencia foi so de dietas e atividades fisicas.Penso que talves por conta desse processo que aprendi a ser gente 'grande' mais cedo.Enfim hoje peso 110kg e meço 1.74alt,e vou fazer 18an.Estou pensando em fazer a cirurgia.

    Desde ja agradeco

  6. Olá, Resolvi mudar de vida: entrei na academia, estou comendo de 3 em 3 horas e vejo que estou conseguindo. A Dúvida é: faz uns dois meses que estou na academia e faz 3 semans que comecei a diminui nas porçoes e comer de 3 em 3 horas e até agora eu emagreci apenas 2 quilos e nao emagreci mais, será que eu apenas desinchei? (pois é visível que eu estou mais magra).

    aguardo resposta e muito obrigada.

    1. Valéria.

      Não se prenda aos números. Continue fazendo sua rotina de exercícios e sua dieta, seguindo a prescrição que lhe foi dada, e confie na redução de medidas.

      Essa paranoia com a balança não ajuda em nada, só deixa as pessoas mais ansiosas.

      O que importa é que você esteja se sentindo bem, e suas roupas ficando cada vez mais folgadas, mas sem pressa. Aliás, como diz uma amiga, sem pressa e sem trégua.

Deixe uma resposta