Cirurgia Bariátrica: resultados a longo prazo

Por conta de uma hérnia que requer intervenção cirúrgica, há umas poucas semanas estive fazendo uma bateria de exames e consultando com um especialista, o Dr. Pablo Miguel, que me parece ser uma das maiores autoridades em cirurgias abdominais, tanto para o caso de hérnia (que me interessa diretamente) quanto para gastroplastias (que interessam aos leitores deste site).

De fato, foi um privilégio conhecer o Dr. Pablo, que é um daqueles profissionais que a despeito de serem uma sumidade são extremamente simples e simpáticos. Durante a consulta ele respondeu cada pergunta que eu fiz, inclusive as mais bestas, com paciência e de uma maneira que um leigo como eu fosse capaz de entender. No dia seguinte à consulta, por uma feliz coincidência, acabamos tomando um café juntos, gentileza dele, e eu aproveitei para fazer mais perguntas, já que não é todo dia que se tem a possibilidade de estar frente a frente com um especialista em um assunto que tanto nos interessa.

Continuar lendo Cirurgia Bariátrica: resultados a longo prazo

Efeitos das dietas: constipação

Quem resolve fazer uma dieta, principalmente quando acompanhada de medicamentos como a sibutramina, normalmente fica sujeito a certos efeitos colaterais desagradáveis, entre eles a constipação, que se caracteriza pela diminuição da freqüência com que a pessoa faz número dois, ou o ressecamento deste.

Continuar lendo Efeitos das dietas: constipação

Cientistas identificam enzima que nos torna gordos

Entrance to the Medical Center at Duke University
Entrada do Centro Médico na Duke
University — Imagem via Wikipedia

Pesquisadores da Duke University Medical Center conseguiram bloquear em ratos uma enzima chamada CAMKK2 e observaram nas cobaias diminuição de apetite, perda de peso e melhorias na capacidade do corpo em lidar com os níveis de açúcar no sangue. A droga testada evitou também que a gordura se depositasse no fígado e na musculatura esquelética.

A notícia é animadora, pois permite vislumbrar a possibilidade de desenvolvimento de novas drogas que efetivamente controlem a obesidade, ao invés de tentar controlá-la pela moderação artificial do apetite ou compensações outras.

Enquanto essas novas drogas não chegam, a gente segue lutando contra a balança, de preferência sem tomar medicamentos, e se for para fazê-lo, sempre com acompanhamento médico adequado. Nada de querer comprar sibutramina sem receita! E se perguntarem pra mim com se faz isso, vão levar esculacho na cara.

Fazendo uma confissão aos meus leitores: o meu pior hábito alimentar hoje é passar longos períodos sem comer nada, ontem mesmo foram 12h entre uma refeição e outra. Isso é suicídio. Precisamos comer mais freqüentemente, em pequenas quantidades, para acelerar o nosso metabolismo preguiçoso.

Via: O Velho

O que esperar desse blog

Todos os dias centenas de pessoas chegam a esse blog, principalmente num único artigo (cujos comentários estou prestes a fechar, por uma questão operacional): Programa de emagrecimento. A maioria destas pessoas procura por soluções mágicas para emagrecer, ou então por meios de comprar sem receita remédios controlados.

Em todos os casos, minha atitude é de deixar o papo fluir, e só intervir quando vejo algo fora do comum, algo absurdo, ou que me toque muito. Isso tem rendido (e não estou nem aí) uma “fama” de carrancudo e mal humorado. Uma menina ficou puta comigo porque eu a chamei de “guria”, e me disse que eu não deveria ser tão insensível, pois todo mundo deve estar deprimido, e não importa se tem que emagrecer 1kg ou 50kg, o problema é o mesmo.

Continuar lendo O que esperar desse blog

»crosslinked«

Fibras para combater os sintomas da sibutramina

É muito comum que as pessoas que visitam esse blog acabem deixando algum comentário falando dos efeitos colaterais da sibutramina. A maioria quer saber quais são eles, e qual o grau de incidência na média das pessoas, e bastante gente comenta dos efeitos mais comuns.

Entre os efeitos mais comuns da sibutramina estão a boca seca (o que se resolve facilmente aumentando o consumo de água), as tonturas (normalmente ocasionadas pelos longos periodos sem se alimentar, logo comer de três em três horas ajuda a resolver esse problema), e a prisão de ventre (que se resolve aumentando a ingestão de fibras).

Continuar lendo Fibras para combater os sintomas da sibutramina

O depoimento do RMF

O presente texto chegou a mim, na verdade, como um comentário para o artigo que é o mais visitado deste blog (infelizmente, tem muito bom conteúdo que acaba ficando em segundo plano): Programa de emagrecimento.

É um texto lúcido, muito bem escrito, e deixa bem claro o que é e como deve ser um tratamento de combate à obesidade.

Nossos mais sinceros agradecimentos a esse sujeito que dedicou seu tempo para compor um depoimento tão bacana, no propósito de elucidar dúvidas tão recorrentes em quem enfrenta estas dificuldades.

Continuar lendo O depoimento do RMF

Video sobre a sibutramina

A maioria das pessoas que chega aqui vem por causa de algum assunto ligado à sibutramina. Infelizmente, a maioria pensa que essa droga é a solução mágica para todos os seus problemas, e que basta tomar os comprimidos para o mundo ficar cor-de-rosa.

Creio que os veículos de comunicação de massa, também conhecidos por “a mídia”, tenham sua parcela de culpa nesse “efeito”. Um exemplo disso é o vídeo abaixo, de uma matéria que passou no SBT acerca da sibutramina.

Continuar lendo Video sobre a sibutramina

Depoimento da Dina

Sempre li o comentário das pessoas aqui, mas não tinha coragem de deixar o meu.

Comecei a pesquisar quando minha médica passou o Subitran, passei um mês pensando se iria tomar ou não. E depois de ver os depoimentos, resolvi me dar essa chance.

Em 2 anos e meio engordei acho que uns dez quilos. No começo nem notei. Até que minhas roupas foram ficando acochadas, depois não entrando mais… e varias pessoas comentando que eu estava gorda. Tentei varias vezes fazer dieta, mas nunca consegui. Odiava academia ou coisas do tipo.

Minha alimentação sempre foi muito louca, não tinha hora para comer e comia qualquer coisa, fora que aumentava a quantidade de comida. Isso tudo me deixava mal.

Continuar lendo Depoimento da Dina