É por isso que você é gordo

Hoje passou na tevê (num telejornal da Globo no horário do almoço uma matéria atestando que Brasil lidera consumo de moderadores de apetite. Talvez a novidade fique mesmo por conta dessa ordenação que fizeram, pois tudo o mais que mostram na matéria (o vídeo está na página referenciada acima) é só o óbvio ululante: as pessoas confiam nas promessas de medicamentos milagrosos e esquecem que reeducação alimentar e atividade física são extremamente importantes para quem deseja emagrecer.

Disso eu venho falando diariamente aqui neste site, o que rede dezenas de comentários toda semana, de gente ofendendo minha pessoa, minha mãe e outras ancestrais, e não raro sugerindo que eu devesse enfiar meus pontos de vistas em orifícios cuja natureza vetorial é de saída. Honestamente, não me importo com este tipo de comportamento: ele só mostra que eu estou certo no que digo, e reforçam minha posição de defender o que acho certo.

Contudo, um homem não vive só de siso, mas também de riso. Nem que seja um riso de gosto duvidoso, ou oriundo de constatações que para outros talvez não façam muito sentido.

Esse intróito todo é para apresentar um site interessante, divertido para uns e nojento para outros, chamado This is why you’re fat, de cuja tradução emprestei o título deste texto. É um site essencialmente sobre o paladar americano — povo que come bacon frito com ovos no café da manhã —, que ostenta fotos das mais poderosas “bombas calóricas” que alguém possa imaginar.

Para não tirar o gostinho de quem quiser fazer uma visita (acho que o trocadilho não ficou bom) vou reproduzir abaixo cinco fotos dos pratos que mais me chamaram a atenção. Quem quiser ficar com mais água na boca, por favor visite o site.

Bolo de carne enrolado em bacon com uma camada de macarrão e queijo
Bolo de carne enrolado em bacon com uma camada de macarrão e queijo

Cheese-Pizza-Burger de Bacon

Sanduíche do ataque cardíaco

“Derretidinho Gorduroso” de hamburguer e bacon duplo

Turbaconucken (juro que tentei traduzir, mas não deu; a descrição oficial diz que é um frango dentro de um pato dentro de um peru, tudo isso enrolado em bacon)

Alguém ainda tem dúvidas de por que os americanos são o povo mais gordo da face da terra?

Que tal compartilhar este texto com seus amigos? É só clicar nos botões abaixo e divulgar!

6 comentários sobre “É por isso que você é gordo”

  1. Aaaff! Assim até eu perco a cabeça. Isto é tortura Janio! Ainda bem que você não mostrou sobremesas…

    Mudando de assunto, parabéns pela mudança no layout. Faz tempo que eu não venho aqui e realmente gostei. Ficou mais limpo. Andei palpiteando por aí, em um post mais antigo, espero que não se importe.

    Sucesso.

    1. Marta, que bom que apreciou. Eu também estava achando meio “penteadeira de puta” em excesso o layout anterior.

      Quanto a opinar, opiniões sensatas são sempre muito gratas aqui, e espero que você apareça mais por aqui, e opine mais nos textos!

      Beijão!

  2. oI PESSOAL!

    Concordo plenamente com a questão da educação alimentar. Venho há anos lutando contra a obesidade. Na minha juventude experimentei todo o tipo de dietas e até medicamentos. A cada fim de dieta o meu peso "padrão" aumentava, subia de patamar. Até que desisti e passei bem uns vinte anos com o mesmo peso. No início do ano passado tentei uma nova dieta. Perdi com muito custo 6 quilos. Deixei a dieta e engordei 12 quilos e, com 1,5 m cheguei aos 94 quilos.

    Cansada das dietas resolvi entrar num programa de reeducação alimentar. Eu não estava mais preocupada em emagrecer. Queria apenas melhorar minha qualidade de vida e, quem sabe, ganhar uns anos mais de vida, aliviando meu coração do peso exagerado.

    Fui a uma nutricionista e pela primeira vez soube qual era o meu problema: escolha errada dos alimentos. Nunca fui de comer muito (eu sempre dizia isso aos médicos, mas nenhum acreditava!) e isso me intrigava.

    Pois bem, a nutricionista me mostrou que o pouco que eu comia continha calorias excessivas. Mandou que eu mantivesse a quantidade no almoço e acrescentasse mais refeições pois precisamos manter o organismo trabalhando, fazendo de 5 a seis refeições diárias. Imprescindível retirar frituras, refrigerantes e massas, acrescentar frutas (uma por refeição) e, ainda, cereais para evitar constipação (farelo de trigo, aveia, germen de trigo, granola). Almoço: arroz integral, feijão, verduras e legumes. Saladas com 2 colheres de sopa azeite virgem (excelente para o bom colesterol)

    De manhã, minha primeira refeição é um copo de coquetel laxativo natural: mamão, iogurte ou leite desnatado, 4 ameixas s/ caroço (de molho em água, de vespera), uma laranja e 1 colher de sopa farelo de trigo.Tudo batido no liquidificador.

    No programa de reeducação alimentar aprendi a "ler" e usar a pirâmide de alimentos, que antes eu nunca entendia.

    Resultado: estou comendo mais e emagrecendo mais. Tive até que acrescentar algumas coisas para não emagrecer tão rápido. Estava emagrecendo 4 quilos por mês e minha meta é 2 quilos por mês.

    O melhor de tudo é que sinto que poderei levar esse tipo de alimentação para o resto da vida. Estou dormindo bem e, por isso, acordando cedinho, feliz, disposta.

    O melhor é evitar medicamentos, pois toda droga traz um efeito colateral.

    O SEGREDO É: REEDUCAÇÃO ALIMENTAR!

  3. Por favor, me deixe o contato desse medico, Janete. Morro de medo de ir ao medico e sair com mais raiva, afinal, imagino que todos semrpe vao falar o obvio…

    obrigada!

  4. Pingback: A Dieta da Respiração | Emagrecer

Deixe uma resposta