As Maravilhas da Uva

Recebi por e-mail (créditos no fim do artigo) e resolvi partilhar.

O Vinho: Um Brinde à Saúde
Um grupo de amigos celebra o encontro. Taças de vinho são erguidas num gesto festivo e vozes animadas repetem juntas o velho brinde: “Saúde!”

A saudação nunca foi tão verdadeira! Pois é isso que médicos e pesquisadores estão descobrindo. Uma taça de vinho esconde mais que sabor e prazer, é uma fonte de saúde!

As uvas saem das lavouras e vão direto para as bancadas dos laboratórios, consultórios e hospitais e se transformam em receita médica!

O vinho ajuda, mas na dose certa! É o chamado consumo moderado: uma taça de 100ml para as mulheres e duas para os homens. Os médicos assinam embaixo!

Para entender esse mistério, é preciso conhecer dois elementos de nomes estranhos, contidos no vinho tinto: o resveratrol e os flavonóides.

O resveratrol, elimina as plaquetas que provocam coágulos e entopem as artérias.

Os flavonóides são antioxidantes, inibem a formação dos radicais livres, que provocam o envelhecimento das células e, por conseqüência, deixam o organismo mais vulnerável a doenças. A conclusão a que se chega é que o que há de mais importante no vinho tinto não é o álcool e sim os flavonóides, explica o cardiologista do INCOR.

Mas, se o vinho faz tão bem para a saúde, e o que importa nele é a uva e não o álcool, por que não adotar, então, o suco de uva?

Suco de uva e vinho trazem os mesmos benefícios para o coração, diz USP.
A tese de doutorado da cardiologista e médica assistente do INCOR (Instituto do Coração da FM-USP), Silmara Regina Coimbra, comprovou que tanto o vinho tinto quanto o suco de uva, provocam o mesmo efeito sobre o endotélio (camada que forra internamente os vasos sangüíneos), aumentando a sua dilatação, frente à um estímulo. Segundo a cardiologista Silmara Coimbra, a principal conclusão deste trabalho, é que o suco de uva pode proteger o indivíduo contra a doença arterial coronária sem os riscos associados ao consumo de álcool.

Benefícios do suco de uva
A tradição atribuiu ao suco de uva as mais elogiosas expressões como: sangue vegetal, leite vegetal e seiva viva. O suco de uva contém mais calorias que o leite, uma certa analogia que pode ser levada mais longe: a composição do suco de uva mostra surpreendentes semelhanças com a do leite materno. É, pois, um alimento privilegiado para os períodos de “reconstrução da fadiga, da anemia, da convalescença”. O açúcar do suco de uva é composto por glicose e frutose, é diretamente assimilável, não exige nenhum esforço aos órgãos digestivos, e é por tal razão aconselhável para a alimentação dos doentes atacados por febre.

Do ponto de vista terapêutico, trata-se de um dos mais preciosos sucos. O suco de uva é estimulante das funções hepáticas, contribuindo mesmo à base de remédios farmacêuticos para o fígado (esta função é desempenhada não apenas pelo suco de uva, como também pela uva e folhas da parreira).

Para manter as artérias jovens, tome suco de uva diariamente
Pesquisas realizadas na Universidade da Flórida revelam que as substâncias químicas encontradas nas uvas ajudam a dilatar as artérias e em conseqüência, podem reduzir a pressão sangüínea.

O segredo das uvas e do suco de uva no combate ao envelhecimento é simples e poderoso: as uvas contém 20 antioxidantes conhecidos, que funcionam em conjunto para combater os radicais livres que promovem as doenças e o envelhecimento de acordo com pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Davis.

Os antioxidantes encontram-se nas cascas e sementes e quanto mais vibrante for a cor da casca, maior o seu poder antioxidante, que significa que as uvas vermelhas e roxas e o suco de uva roxa são os mais poderosos.

A uva vermelha possui alto teor de antioxidante quercetina. A casca de uva contém resveratrol, que comprovadamente inibe o agrupamento e aumenta o colasterol HDL (bom colesterol).

Os antioxidantes presentes nos sucos de uva têm atividades anticoagulantes, inibem a oxidação do colasterol HDL e dilatam os vasos sangüíneos.

“A beleza e a vitalidade são presentes da natureza para aqueles que vivem as suas leis.” (Leonardo da Vinci)

Fonte: Globo Repórter — 18/03/05
(O original era um PPS creditado a nurasil@globo.com)

Que tal compartilhar este texto com seus amigos? É só clicar nos botões abaixo e divulgar!

6 comentários sobre “As Maravilhas da Uva”

    1. Depende.

      Se for sem excessos, e considerando que o vinho é carboidrato, tem açúcar, álcool, etc, não há de ser tão prejudicial. Mas se tomar uma garrafa por dia todo dia, aí a coisa é mais séria!

Deixe uma resposta