Anorexia: o outro lado da obesidade

Por incrível que pareça, é um desfile de moda.

Nós, gordos, enquanto ainda não resolvemos aceitar que somos os únicos responsáveis pelas nossas próprias escolhas, costumamos achar que por mais que os outros tenham problemas, nada se compara ao quão terríveis são os nossos. Revoltados, os gordos costumam hostilizar quem é magro, muitas vezes atribuindo a estes preconceitos que nem sempre lhes são legítimos.

Se estar acima do peso considerado “normal” é sinal de problemas, estar abaixo não é menos preocupante. A “cultura da magreza” que vem nos assolando já há algumas décadas vem criando legiões de pessoas que deixam de se alimentar, ou que adquirem o hábito de forçar o vômito após comer (bulimia), a fim de não engordar.

Admito que sou um sujeito cheio de preconceitos (por exemplo: quem escreve “naum” e/ou “aki” não tem o menor crédito comigo), e na minha insensibilidade era comum eu associar anorexia exclusivamente a futilidade.

Entretanto, se fizermos uma análise profunda dos dois extremos (obesidade e anorexia) num determinado momento descobriremos que ambos os problemas repousam sobre uma causa comum — para simplificar.

Na verdade, no universo feminino parece (e corrijam-me, meninas, se eu estiver errado) que há uma pressão social muito maior para que elas se adequem a um padrão de beleza ditado por revistas desumanas e cruéis. Mas isso não isenta que os homens também sejam acometidos deste desequilíbrio.

Não são só as mulheres que ficam anoréxicas

Creio, a propósito, que uma das principais causas da anorexia seja justamente o desejo desesperado de ser aceito: como passaram a vida ouvindo que os gordos são pessoas “inferiores” acabam morrendo de medo de engordar e por isso tornarem-se párias — mais ou menos como os indivíduos que acreditam que a homossexualidade seja algo feio ou ruim e acabam levando uma vida inteira de frustração ocasionada pela sua própria homofobia.

De fato, estudos sugerem que mulheres brancas e de alta escolaridade são as mais sujeitas à anorexia. Pressões familiares, alto nível de exigência, carência afetiva e um ambiente familiar com dificuldades de manifestação de afeto podem ser causas bem prováveis para tal distúrbio.

O indivíduo anoréxico não consegue perceber sua magreza.

Assim como não gostamos que julguem nossa gordura como futilidade e falta de vontade de mudar (o que muitas vezes é mesmo), não custa nada ter um pouco de cuidado com as pessoas que sofrem de anorexia.

Que tal compartilhar este texto com seus amigos? É só clicar nos botões abaixo e divulgar!

16 comentários sobre “Anorexia: o outro lado da obesidade”

    1. Seria a falta de consciencia, não? realmente… é algo que nós devemos refletir…jovens, bonitos, saudáveis, se tornam um esqueleto, coberto de pele e com vida, apenas isso.

  1. Acho que a pessoa não tem culpa, uma vez que ela consegue diminuir seu peso, ela torna isso um vicio, uma maratona, e sempre ficará satisfeita com esse resultado, até que existe a hora que os problemas começam a vir.. e é essa a hora que podemos dizer que é tarde!

  2. pô o cara era show e depois ficou na capa do calango e mais todo tem sua consequencia e a dele foi uma trajedia estraordinaria!!!!! mais serve como exemplo pra outras pessoas

  3. acho que as pessoas sao bonitas como sao ,deus as fez assim cada um do seu jeito ,e acho que essas pessoas precisao de ajuda e de bons conselhos,a vida nao foi feita para ser destruida por uma simples bobagem por isso curtam a vida.

  4. aaiinn gente…sabe o q eu achoO…
    a culpa de tudoO ISSO é da sociedade…
    essa merda…eles criaram um tal padrãozinhoO
    de beleza só pra ver todo mundo na lama…
    dexa essa sociedade imunda se fud**
    com suas manias de magrezas imbecis e iníteis…e vão ser felizes da vida…

  5. É a garota acima disse deixa a sociedade se fud.. aposto que ela é magra. Realmente é dificil você não estar no padão de beleza.

    Sou magro muito magro e tenho problemas com a aceitação do meu corpo e nem por isso sou problemático!

  6. poxaa… judiação gente! vcs falaram dessas pessoas como se elas quisessem ser assim.. mas não é!
    anorexia eh como se fosse uma depressão, a pessoa nunca está feliz, as vezes acabam com a propria vida.. aqui é a mesma coisa elas acabam com a propria vida sem nem se quer estar percebendo isso.. elas precisam de um tratamento urgente. a sociedade cria padrões de beleza que as inocentes jovens acabam seguindo segamente, se perceberem a gordinha do reflexo.. na imagem.. ela é mto bonita.. então a beleza não vem de regras e sim da p´ropia pessoa.. tds nós somos lindos,, cada um com sua beleza.. então o recado fica pra quem sofre do problema.. boa sorte a tds.. bjo bjo

Deixe uma resposta